sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Passado é Passado

O que aconteceu com todo aquele amor?
Tantos e tantos anos!
Um dia... Nunca mais.
O tempo foi passando e,
Te perdi dentro de mim.
Hoje ao escutar "nossas" músicas,
Sou remetida a lembranças.
Em cima do muro, 
Fico na incerteza se,
Viajo nessas lembranças
Percorrendo as profundezas do meu coração,
Até te encontrar.
Pois, se te encontrar,
O que farei contigo?
Que serventia terás?
Beatriz Napoleão (18/11/10)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Fundamental é Saber Viver

A beleza é bem-vinda,
Faz bem aos olhos e a alma,
Mas, contrariando o "poetinha",
Ela não é fundamental.
Pois, não é nenhum passaporte para o amor.
Muito menos para a felicidade.
Quantas pessoas feias amam, são amadas e felizes!
E quantas belas cheias de glamour,
Por trás dos holofotes choram a solidão e o vazio!

Quem só pensa em aparência precisa do outro para ser admirada(o).
Beatriz Napoleão 

Mês de Alegria

Agosto mês do desgosto?!
Quem criou esta frase com certeza nesse mês sofreu.
Como pode ser mês do desgosto, se ele me deu mãe e filha?
Beatriz Napoleão (09/11/10)

sábado, 22 de janeiro de 2011

Dieta da Felicidade

Não vivo só de alegria!
Também tenho tristezas.
Só não sou de alimentá-las.
Deixo que elas passem fome
Para que fiquem apagadas e sem forças.
Mas são vorazes!
Se eu vacilar,
Elas se alimentam rapidinho
E logo se fortificam.
É por isso que mantenho uma dieta,
Assim, minhas alegrias conduzem
A vida que ganhei de presente para a felicidade.
Beatriz Napoleão 

Mau Tempo

Ah! Minha alegria virou poeira, e foi embora levada por um vendaval.
Beatriz Napoleão 

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Dando Luz às Palavras

Palavras que brotam!
Vão surgindo e ficam percorrendo no pensamento,
Se comunicando uma às outras com velocidade.
Às vezes se unindo em ordem incorreta não deixando lógica ou clareza na frase.
Mas elas têm pressa!
Querem ir para algum lugar, não importa para onde.
Correm pelo cérebro na euforia de quem ainda nem nasceu e já quer ser algo.
Fico quieta enquanto elas estão nessa agitação emaranhadas entre si.
De repente ajo,
E puxo o fio de uma das meadas, assumindo o controle e organizando como devem se compor.
Algumas aborto sem nenhum remorso.
Por vezes, fileiras delas.
Tenho que ficar atenta e ser rápida para impedir essa união, não deixando que venham frases débeis.
As que juntas formem o que venha fazer:
Rir,
Emocionar,
Questionar,
Dar força ou,
Sejam uma simples distação,
Estas faço questão de dar a luz!
Beatriz Napoleão 

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Melhor Ainda

Não! Você não é vital para mim. 
Consigo vivem bem sem sua presença. 
Mas quer saber?
Minha vida fica bem mais divertida ao seu lado.
Não! Minha alegria não é triste sem você,
Mas ela aumenta quando a sua se faz presente!
Beatriz Napoleão (06/07/10)

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Tempo Esgotado


As horas estão passando!
As horas estão passando! 


Para ele, 
Para ela,
Para mim,
Para você.
As horas estão passando!
Você está aproveitando?
                


Corra, corra!
As horas estão passando!                    
Aproveite cada dia, hora, minuto.
As horas estão passando!
O que você fez de bom nos últimos dias?
O que fez de útil na semana passada?
   


Como aproveitou sua vida nos últimos 10 anos?  
Qual o saldo de toda sua vida?
Corra, corra!
As horas estão passando!
Aproveite, antes que o tempo se esgote para você. 

O relógio parou para ele.
Beatriz Napoleão