domingo, 5 de abril de 2015

Sede de Viver


Tenho sede de viver
Quero a vida em liberdade
Sem limitações
Quero fazer coisas simples
Mas que me dão grandes alegrias

Quero caminhar pelo simples prazer desse ato
Quero visitar os amigos para dar e receber afeto
Quero sair com grupos alegres e verdadeiros para descontrair
Quero encontrar pessoas leves e amigáveis
Quero ver sempre a família para abastecer o amor
Quero trabalhar pela satisfação de ensinar
Quero dançar "minhas" músicas até me esgotar
Quero beber toda a água que pertença ao meu caminho 
Quero seguir a minha vida sabendo aproveitar

Avida é breve, nada devemos perder
Mas há pausas inevitáveis que não podemos evitar
O que fazer?
Lutar quando for do seu alcance
Quando não for, esperar passar sem desesperar
Até poder matar a sede deste prazer que é viver
BeatrizNapoleão

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Exemplo de Amor

"Amor é aquele que briga por tudo mas não se separa por nada"
Vi uma postagem com essa frase e algumas pessoas concordando.

Será? Um amor que briga por tudo! Isto é exemplo de amor?
Bem! Talvez aquele que tem essa opinião nunca viveu um amor de verdade.

Amor é aquele que evita brigar para não magoar;
Amor é aquele que discute para solucionar os problemas, não para agredir;
Amor é aquele que quando está no confronto as palavras são medidas na razão e bom senso, não arremessadas inconsequentemente com provocação ferina;
Amor é aquele que um se preocupa com o outro;
Amor é aquele que procura entender;
Amor é aquele que se esforça para ser confiável;
Amor é aquele que quando pisa na bola tenta não cometer o mesmo erro;
Amor é aquele que mantém uma aliança em nuvens claras, não cercada de nuvens negras e carregadas;
Amor é aquele que nos deixa leve, não irritado;
Amor é aquele que nos excita de tesão, não de raiva;
Amor é aquele que abre mão de alguém que ama para vê-lo feliz, não o condenando a viver na mediocridade "até que a morte os separe".
BeatrizNapoleão