domingo, 30 de junho de 2013

Amor à Pátria

O medo se instalou insistente
Mas abrimos os olhos de repente
O medo do que vivemos nesta ocasião
No entanto, nos permitimos uma reação

Injustiça, desigualdade, impunidade
Falta de amor, limite e de oportunidade
Excesso de arrogância, egoísmo e descaso
Levando uns à revolta, outros ao marasmo

Muitos condenam abertamente
O mesmo que fazem sorrateiramente
Não sei se a maioria ou a minoria
Mas presenciamos isso dia após dia

Contudo, ainda persiste quem mantem a razão
Sem deixar de ouvir a voz do coração
Com uma marcha de paz exige que a Nação
Mude a atual situação

Ética, moral, cidadania, justiça e respeito
É o que resulta no melhor efeito
Vamos mudar nosso País
Para termos um final feliz
BeatrizNapoleão