segunda-feira, 5 de maio de 2014

Saudade

Um passeio por nossa memória desde nossa doce infância
Até a última boa vivência
Será que isso é coisa que o coração inventa?
Ah! Como ela me atormenta
De certo que é passageira
Todavia corriqueira
Vai e vem à sua maneira
Um dia traz recordações do bem
Noutro as que não convêm
Põe-me numa balança
Que me lança
Entre a alegria
E a agonia
BeatrizNapoleão