quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Razão para Amar

Tentei não te querer, pois sabia que não éramos um para o outro, mas sempre que te via ignorava a minha tentativa.
Lutei para não te amar. Impossível, pois já estavas em meu coração.
Desisti da tentativa, cansei de tanta luta. Resolvi aceitar e viver meu verdadeiro sentimento por ti.
Fiquei feliz com minha decisão. E sempre que te via esse amor crescia.
Mas... o nosso ser e nossa forma de ver a vida de maneira tão antagônica foi puxando esse amor para um precipício.
Passei a criar desculpas para não te deixar. Até que perdi a criatividade.
Agora, procuro razão para continuar te amando. Esforço-me em busca do inexistente? Será que não há razão quando o assunto é amor? Que me perdoem os exclusivamente românticos, mas com certeza há razão no amor.
Amamos uma pessoa, quando algo nela nos conquista. E, deixamos de amar quando ela perde esse algo ou, quando suas atitudes negativas o suplantam.
BeatrizNapoleão (30/07/08)