terça-feira, 20 de setembro de 2011

Enquanto Puder

Não sei onde vou chegar
Não sei até quando vou caminhar
Quero um mundo que possa me divertir
Quero viver com equilíbrio e saber decidir
O amor é a mão
A raiva a contramão.   

Distância do ruim
Os bons perto de mim
Longe da tristeza
Busco alegria e gentileza

O que importa é não parar
E saber como lutar
Beatriz Napoleão