domingo, 13 de abril de 2014

Sem Atitude

Não esqueço o teu olhar invadindo o meu interior
Quisera eu que soubesses que me conquistou
Recordo tuas mãos a gesticular
Quem dera viessem a minha tocar
Penso em tua boca a movimentar
Bem que poderia a minha beijar
Nos conhecemos há tanto tempo
Mas nunca chegamos a um envolvimento
Ah! Te chamo de amigo
Mas queria mesmo era ficar contigo!
Se somos sozinhos
Por que não cruzar nossos caminhos?
Sempre nos mantivemos distantes
O que nos impede de sermos amantes?
Sei que não sou excepcional
Mas meu amor é especial
Será que estou enganada
Você não anda na minha estrada?
Não, sei que pensas em mim
Mas tens receio de falar para mim
Só não entendo porque ficamos assim!
BeatrizNapoleão