segunda-feira, 30 de março de 2015

Um Lindo Dia


Viro na cama, percebo a claridade descer pelo blackout da cortina se mostrando timidamente ao refletir no chão do quarto.
Levanto, abro a porta, vou até a varanda, la fora um céu azul, e o vento na tentativa de exibir sua força leva grandes nuvens brancas para o Oeste. Consigo ver o sorriso do Sol.
É dia, e ele está lindo, isto alegra qualquer um que tenha habilidade de pegar carona com a alegria. Então, a tristeza que me provocou por toda a noite, causada por mais uma saudade se esconde atrás da minha cortina só aparecendo com suavidade. Pois está um lindo dia, e acredito que num dia lindo como este há uma conspiração contra todas as atribulações.
Em dias assim abra a porta ou janela e deixe que o sol enfraqueça a sua melancolia e que o vento entre, para levar com as nuvens a sua mais pesada coleção de tristeza, ficando apenas a porção que se esconde atrás da cortina do seu coração.
BeatrizNapoleão