segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Ser Feliz

O que é ser feliz?
Para alguns a felicidade é momentânea.
Ok, ninguém está feliz ou infeliz constantemente.
Mas, ser feliz independe de estar feliz.
Alguém pode ser infeliz, mas ter momentos de felicidade.
Outros podem ser felizes e ter momentos de infelicidade.
Há pessoas que a vida vive dando rasteira, fazendo tudo para acabar com a sua alegria, mas o efeito desse mal é passageiro. Elas sempre encontram uma maneira de exterminá-lo.
Já outras, a vida lhes presenteia constantemente, mas estas não sabem ser feliz por muito tempo, logo insistem em voltar aos queixumes, só procuram ver o lado negro de tudo e de todos. Sentem um gostinho bom em ser vítima. É uma boa maneira de chamar atenção. Ilusão! Afastam mais ainda quem queriam próximo.

Mas então, o que é ser feliz?
Ser Feliz é:
- Mesmo quando você está passando por um momento muito difícil na sua vida, reconhecer que ela é abençoada. Ainda que esteja muito triste e chore, cria forças para suportar essa hora e sabe superá-la;
- Ter Deus no coração.
- Amar e respeitar sua família e ser amado e respeitado por ela;
- Ter amigos em que possa confiar e que confiem em você. Gostar de estar com eles, do que conversam e como se comportam e vice-versa;
- Não ficar relembrando o que lhe machucou, pessoas que lhe fizeram mal. Só devemos ativar essas lembranças para não cairmos novamente nessas mãos;
- Gostar da sua própria companhia. Curtir ficar sozinho e não fazer disso solidão. Saber aproveitar esses momentos da melhor maneira: pensar em coisas agradáveis; fazer planos para o futuro e arquitetar maneiras de realizá-los; ler um bom livro; ouvir suas músicas prediletas; assistir aqueles filmes que lhe fazem rir ou chorar - o que preferir; olhar seus álbuns de fotografias, de tantos momentos felizes (isso deve provocar alegria, caso contrário, esqueça!); pesquisar aqueles assuntos que você gosta mas tem pouco conhecimento; deixar recados para os amigos na internet e ler o que eles postaram; tentar uma nova receita do seu prato favorito ou de algo que nunca comeu; fazer uma faxina na sua casa, deixando ela linda e cheirosa; consertar aquela maçaneta, aquela torneira que está pingando, aquela porta que está rangendo; estudar algo novo para você; tocar um instrumento; dançar; fazer ginástica; pintar e bordar... e como você não é de ferro, descansar. E quando acordar, ir trabalhar, passear, visitar a família, sair com os amigos ou uma das alternativas acima. Assim, não haverá tempo para a solidão;
- Ajudar a quem precisa com dinheiro, comida, uma palavra amiga, carinho ou atenção. Conforme o caso ou possa. Sem sair falando o que fez;
- Saber valorizar as pequenas coisas. Perceber o prazer em beber um copa d'água quando está com sede, um banho após um dia na rua, uma comidinha caseira quando está com fome, um abraço ao encontrar alguém que gosta, apreciar a beleza da natureza, poder dormir quando está cansado, encontrar uma sombra ao estacionar o carro num dia insuportavelmente quente, ter liberdade para ir onde quer e fazer o que bem entende. Detalhes do nosso dia a dia que nos dão sensação de bem estar e prazer;
- Ser gentil. E não combater grosseria com mais grosseria, e sim com firmeza. Grosseria provoca briga;
- Se afastar dos que lhe fazem mal;
- Ficar alegre com a alegria dos outros;
- Ter bom humor a ponto de rir de você mesmo;
- Amar, ou simplesmente, querer bem e saber conviver em harmonia com estes.
Beatriz Napoleão