sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Que seja como quero!

Quanta insistência
Que devo fazer o
Que não quero

Quem de vocês sabe o
Que permeia meus
Queixumes

Queixo-me porque não
Quero o que é inconveniente a mim

Quero como quem
Quer um consolo, ou como
Quem quer correr
Quase sem querer, para evitar o
Que sofrer

Que seja assim, para ir contra o
Que assola o que
Quero
BeatrizNapoleão